Andrade Gutierrez aprova betoneira com transmissão automática Allison

Depois de um período de avaliação a empresa se mostrou surpreendida com os benefícios advindos da sua utilização: durabilidade, disponibilidade, menor consumo de combustível e maior conforto para o motorista

São Paulo, BRASIL - A Andrade Gutierrez, um dos maiores Grupos especializados na implantação de infraestrutura da América Latina, acaba de realizar uma das mais completas e exaustivas avaliações com uma betoneira equipada com transmissão totalmente automática Allison. A avaliação foi realizada na obra "BRT Transcarioca", um grande corredor de ônibus que ligará a Barra da Tijuca à Penha, dois bairros de extremidades diferentes do Rio de Janeiro, num total de quase 150 quilômetros.

Durante as avaliações o caminhão equipado com uma transmissão Allison 3500 se mostrou mais produtivo que seus equivalentes manuais, sem contar a preferência maciça dos motoristas. Nesse período de demonstração a betoneira automática operou nas mesmas frentes que uma betoneira equipada com transmissão manual, acumulando 198 horas contra 212 horas de trabalho da manual; consumiu menos diesel (1.557 l contra 1.596 l); e transportou mais concreto (530,5 m3 contra 488,5 m3). Ou seja, 8,6% a mais de concreto transportado em menos tempo (7% menos, em horas trabalhadas). Isto se traduz em um consumo de 2,93 l/m3 do automático contra 3,27 l/m3 do manual, uma melhora de 10,4% no consumo de combustível por m3 de concreto transportado.

“O equipamento superou nossas expectativas. Na construção civil os principais problemas que encontramos são causados por falhas operacionais, então, o que pudemos constatar com a transmissão automática Allison é que além de aumentar a disponibilidade do equipamento você tem maior conforto para o operador, que termina seu trabalho em melhores condições físicas do que o que dirigiu uma betoneira com transmissão manual”, comenta Ermano Silva, engenheiro responsável pela Manutenção e Gestão dos Equipamentos da Andrade Gutierrez.

De acordo com Silva, durante o período em que esteve em demonstração na Andrade Gutierrez, o caminhão automático foi usado nas mais variadas situações de aplicações: “apoio”, “argamassa”, “bloco”, “estacas”, “laje”, “lamela”, “levura de laje”, “magro”, “meio-fio”, “pavimento rígido”, “pilar”, “terra armada”, “travessa”, “vigia” e “viga protendida”. Além disso, trabalhou no suporte para pavimentação de certos trechos do BRT Transcarioca em distâncias de até 12 quilômetros.

A opção por usá-la nesse curto raio de ação foi parte da estratégia da empresa de aplicar o equipamento nas mais variadas frentes, ou seja, usar a betoneira em diversas atividades no mesmo dia dentro da mesma obra. E em todas essas utilizações a betoneira equipada com uma transmissão totalmente automática se mostrou mais eficiente. “A produção também aumentou, principalmente por que a betoneira foi utilizada em uma obra urbana onde tínhamos muito tráfego e congestionamentos na região”.

A durabilidade do conjunto foi melhor percebida durante a realização do trabalho de construção de meio-fio, onde existe um grande desgaste da embreagem nos caminhões manuais, fato recorrente com caminhões da frota. Portanto, esse é o tipo de equipamento que a Andrade Gutierrez precisa e procura. O levantamento realizado demonstra que vale muito à pena ter betoneiras com transmissões automáticas. O veículo também fez muito sucesso com o operador, que terminava os dias com muito mais disposição, por não ter que fazer as trocas de marchas “no tempo”, muito comum nos caminhões manuais equipados com caixas “secas”. No meu entender a betoneira com transmissão automática veio para causar impacto no mercado e agregar muito para quem precisa do máximo em disponibilidade de equipamento.

Para Evaldo Oliveira, diretor de operações da Allison Transmission para a América do Sul: “Os resultados obtidos por uma empresa do porte e da importância da Andrade Gutierrez nos deixa extremamente satisfeitos. Confirmaram nossas expectativas, mas nada mais importante do que o próprio cliente chegar a estas conclusões. Além disso, essa é mais uma experiência de peso que endossa a qualidade das transmissões totalmente automáticas Allison”.

Sobre a Andrade Gutierrez

O Grupo Andrade Gutierrez posiciona-se como um dos maiores conglomerados de infraestrutura na América Latina, atuante no Brasil e no exterior. Estrutura e executa projetos dos mais diversos níveis de complexidade, em todo o Brasil e em diferentes mercados da América Latina: hidrelétricas, termelétricas, usinas nucleares, plantas industriais, refinarias, gasodutos, siderúrgicas, estaleiros, mineração, portos, metrôs, saneamento e urbanização, barragens, aeroportos, rodovias, ferrovias, construção civil e túneis. Hoje, a Companhia acumula projetos realizados em mais de 30 países e participa como investidora em empresas como Oi e Contax (AG Telecom), e CCR, Sanepar, Water Port, Quiport, Aeris e Cemig (AG Concessões).

 


About Allison Transmission

Allison Transmission (NYSE: ALSN) is the world’s largest manufacturer of fully automatic transmissions for medium- and heavy-duty commercial vehicles and is a leader in hybrid-propulsion systems for city buses. Allison transmissions are used in a variety of applications including refuse, construction, fire, distribution, bus, motorhomes, defense and energy. Founded in 1915, the company is headquartered in Indianapolis, Indiana, USA and employs approximately 2,600 people worldwide. With a market presence in more than 80 countries, Allison has regional headquarters in the Netherlands, China and Brazil with manufacturing facilities in the U.S., Hungary and India. Allison also has approximately 1,400 independent distributor and dealer locations worldwide. For more information, visit allisontransmission.com.