Routemaster de 1962 com transmissão Allison recebe certificação de baixas emissões para ônibus

Repotenciado e modernizado com a nova Allison T2100 com FuelSense® 2.0 Max, o ícone de dois andares está pronto para atender a futuras normas de emissões de Londres

LONDRES - Um ônibus Routemaster 1962 de dois andares, equipado com uma transmissão Allison, tornou-se o veículo mais antigo a receber a certificação Low Emission Bus (LEB) — Baixas Emissões para Ônibus —, compativel com as mais recentes credenciais ambientais concedidas para ônibus diesel/híbrido em termos de combustíveis alternativos.

O Routemaster de propriedade privada, com número de produção RM1005, foi repotenciado com um motor diesel Cummins ISB de 4,5 litros, Euro 6. Antes de ser submetido às avaliações finais de emissões, em fevereiro, a transmissão automática Allison anterior foi substituída por uma nova, modelo T2100 com FuelSense® 2.0 Max. O recém-lançado software Allison FuelSense 2.0, com Dynactive Shifting, proporciona até 6% de economia de combustível adicionais em relação à primeira versão do FuelSense anterior. O trabalho de adaptação foi feito pela Mitchell PowerSystems, distribuidor Allison no Reino Unido, e está disponível.

Essa nova combinação de motor/transmissão permitirá que outros Routemaster sejam ativados para operar em Londres quando os novos padrões de emissões para Ultra-Low Emission Zone (ULEZ) — Zona de Ultrabaixa Emissões — entrarem em vigor na Zona de Tarifação de Congestionamento, em abril de 2019. O conjunto motor e transmissão otimizado para baixas  emissões  isentará o Routemasters da taxa de £10 diárias, que vigorará em Londres a partir de outubro, para veículos que não cumpram com as normas emissões para as áreas de congestionamento.

O icônico Routemaster

O último Routemaster foi retirado de serviço em 2005, e no ano seguinte, o emblemático ônibus de dois andares foi eleito como um dos 10 principais símbolos de design da Grã-Bretanha, colocando-o ao lado do Concorde, do avião Spitfire da Supermarine, do Mini, do mapa do metrô de Londres e das cabines telefônicas K2. Dez Routemasters atualmente circulam como atração turística fazendo a ‘heritage route’ entre Tower Hill e Trafalgar Square, em Londres. Dos 2.876 AEC Routemasters construídos entre 1954 e 1968, cerca de 1.200 ainda existem.

O RM1005 foi comprado para uso privado em 2007 por Sir Peter Hendy, presidente da atual Network Rail e ex-comissário da Transport for London. Sir Hendy dirige o ônibus em viagens especiais, para angariar fundos para várias instituições de caridade incluindo o London Transport Museum e a Railway Children. "Esta conversão demonstrou que é uma proposta economicamente viável para a atualização ônibus antigos e também para veículos com motores e transmissões mais modernos, mas que precisam atender as novas demandas de controle da poluição e qualidade do ar”, disse Sir Hendy.

"O trabalho de adaptação da transmissão Allison, tem se mostrado um grande sucesso. Tivemos uma significativa melhoria no consumo de combustível após a mudança do motor, mas não tão boa quanto esperávamos para reativar o Routemaster. Percebemos que o resultado poderia ser muito melhor com uma transmissão mais moderna acoplada ao motor. Agora, além do melhor consumo de combustível, é um sonho inexplicável dirigi-lo. As mudanças de marchas são suaves, e ele alcança velocidades mais altas com uma desenvoltura que o modelo original nunca teve. Isso comprova o quanto as modernas tecnologias de motores e transmissões progrediram”.

A certificação Low Emission Bus (LEB) foi introduzida em 2015 pelo Departamento de Transporte como parte fundamental do esforço para reduzir as emissões de gases de efeito estufa dos ônibus do Reino Unido com objetivo de   melhorar a qualidade do ar local. Para se obter a certificação LEB é preciso uma redução de emissões de gases de efeito estufa (metano, dióxido de carbono e óxido nitroso) de mais de 15%, se comparado com os ônibus a diesel Euro 5. Deve também atender outros requisitos de emissões nível Euro 6 que reduz 95% as emissões de óxido de nitrogênio quando comparado ao Euro 5.

Para quem estiver em Londrese estiver interessado em fazer um passeio no Routemaster RM1005, com Sir Hendy ao volante, pode pegar o ônibus (ou um dos vários outros Routemasters) na estação de Warminster, em 26 de agosto, para um passeio em direção a Imber, para a aldeia perdida de Wiltshire, que está desabitada e fica em uma parte isolada de campos de treinamento do Exército britânico em Salisbury Plain. Todo dinheiro arrecadado com o RM1005 será doado ao Royal British Legion e a Igreja de St Giles, em Imber. Maiores detalhes estão disponíveis em https://imberbus.wordpress.com.

nov 15, 2017

About Allison Transmission

Allison Transmission (NYSE: ALSN) is the world’s largest manufacturer of fully automatic transmissions for medium- and heavy-duty commercial vehicles and is a leader in hybrid-propulsion systems for city buses. Allison transmissions are used in a variety of applications including refuse, construction, fire, distribution, bus, motorhomes, defense and energy. Founded in 1915, the company is headquartered in Indianapolis, Indiana, USA and employs approximately 2,600 people worldwide. With a market presence in more than 80 countries, Allison has regional headquarters in the Netherlands, China and Brazil with manufacturing facilities in the U.S., Hungary and India. Allison also has approximately 1,400 independent distributor and dealer locations worldwide. For more information, visit allisontransmission.com.